Do Fiat Elba à Lamborghini Aventador

Carros do ano, mansão da família Collor de Mello (ou Casa da Dinda), desvio de dinheiro público e corrupção. Analisando estas palavras chave parece que estamos entrando em déjà vu, em relação a algo que aconteceu a cerca de 23 anos atrás. Mas não, esta é apenas mais uma das peripécias do ex-presidente e atual senador Fernando Affonso Collor de Mello.

Em 1990, Fernando Collor tornou-se presidente do Brasil, mas cumpriu seu mandato por apenas dois anos, até sofrer um impeachment, o primeiro da América Latina, graças a este “representante” da nação. O que denunciou Collor em 1992 foi a compra de um carro popular, o Fiat Elba, este que foi apreendido e fez com que o presidente fosse cassado por 8 anos.

Em 2015, com a operação Lava Jato (ou Lava a Jato, em sua forma gramaticalmente correta), que desvenda o esquema de corrupção na maior empresa estatal brasileira, a Petrobrás, lembra-se mais uma vez o nome do então senador Fernando Collor. E o motivo não foi outro, desvio de dinheiro dos cofres públicos, dentre outras questões.

E mais uma vez o que entregou este indivíduo, supostamente além da delação premiada, foi a compra de alguns automóveis, dentre eles um Porsche, uma Ferrari, e uma simples Lamborghini Aventador, este último avaliado em cerca de dois milhões de reais. E novamente ele teve seus automóveis, e outros bens, confiscados.

Em entrevista, Collor se diz humilhado com tal operação. Como se os brasileiros não se sentissem assim quando tiveram o dinheiro de suas poupanças confiscado, ou quando a empresa brasileira, referência no mundo todo, estivesse sendo “quebrada” gradativamente.

A questão evidenciada aparenta ser uma ironia devido ao excesso de semelhança com um erro do passado, mas infelizmente não o é. Agora espera-se que não haja um terceiro mandato nestes moldes, ou a compra de um ônibus espacial, já que a tecnologia evoluiu tanto.

Qual será o próximo item da coleção? Eis a questão!
Qual será o próximo item da coleção? Eis a questão!
Anúncios

2 comentários sobre “Do Fiat Elba à Lamborghini Aventador

  1. Eles zombam da nossa cara e na entrevista ainda vem com essa Balela de injustiçados e humilhados… Triste é pensar que provavelmente estarão soltos em pouco tempo, afinal, depois de tudo que fez como presidente ainda se elegeu senador por vários anos com folga.
    Só espero que a polícia federal não desista do Brasil e continue pelo menos arranhando esse mal que assombra o país.

    Curtir

    • Infelizmente este problema ainda existe no nosso país, cabe a nós escolhermos bem quem nos representa, mesmo que seja difícil, e esperar que a polícia e os órgãos do poder judiciário cumpram bem a sua função, e que pelo menos estes, demonstrem competência, já que o cenário atual não é dos melhores

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s